quinta-feira, 17 de maio de 2012

Vem aí um grande projecto

Quando se trabalha no afecto e pelo afecto costuma ser assim...

Foto de Carlos Fernandes Empresa Sem Asa


“Hoje entrei na sala e comigo entraram também o “eu” que recebeu e agradeceu o café de manhã, o “eu” que reviu uma amizade antiga no caminho para o trabalho, o “eu” que cedeu a passagem no trânsito...”

De facto, ao entrar na sala a multiplicidade dos nossos “eu´s” entra connosco, num convite, sem ser convidado, à partilha daquilo que nos constrói na comunidade onde estamos inseridos. A ausência de uma clivagem de realidades é um bem precioso que ganha todo o sentido quando remetido para uma comunidade de relações, onde a bagagem de cada um é fundamental em processos de reinvenção constante. Ao desempenhar o seu papel, o educador exterioriza toda uma imensidão de realidades que, por vezes, nem imagina coexistirem em si e que observa sob a forma do olhar brilhante das crianças que o rodeiam cheias de vontade de aprender.

in EDUCAR È APRENDER O VERBO AMAR!

Por Equipa NIB, Lourdes Lourenço, Jorge Ribeiro, Margarida Amador, Maria Brito do Rio, Inês Gonçalves, e INFANTÁRIO PILOTO DIESE, Marta Botelho de Almeida, Mariana Botelho, Alexandra Palos, Maria Teresa Paulo Duarte, Maria do Carmo Mendes, Fátima Barros, Vera Luís, Joana Cloetens e Helena Duarte.

5 comentários:

Vera Luís disse...

Será um projecto que deixará todas as famílias muito orgulhosas pois é claro,que de uma outra forma, também elas pertencem a este processo!!! Está quase a surpresa... ah quanto tempo não fazíamos assim... um suspensezito dos nossos!!!

Marta Soeiro disse...

Ui....suspense no ar!? Vá lá, levantem a ponta do véu, pleasssseeeee!

Marta disse...

Marta, vem aí o nosso primeiro livro!!! ;-))))))))))))

Assim que soubermos mais revelamos os pormenores!

mãe da j. e i. coelho disse...

agora já percebo a autorização para as fotos acertei?

Marta disse...

Simmmmmmmmmm!!!!

Aqui no blog as carinhas estão desfocadas, mas no livro vão aparecer!

Eles são a nossa maior inspiração!